Tudo que você precisa saber sobre a conta de luz e como você pode economizar

Com o constante aumento no valor da conta de luz, nós vamos te mostrar tudo que você precisa saber sobre como você pode economizar!
25/05/2021

Muitas pessoas não entendem os motivos que fazem uma conta de luz vir alta de um mês para o outro? Ainda menos pessoas sabem como economizar na energia elétrica. Por conta disso, nesta publicação vamos explicar tudo que você precisa saber sobre este assunto!

A conta de luz é um dos gastos mensais fixos no orçamento dos brasileiros e a grande maioria não se vê nada contente com o valor que paga, pois de acordo com dados do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), as famílias brasileiras chegam a gastar mais de 20% do salário mínimo com a conta de energia elétrica.

Assim, uma pesquisa feita pela Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel) em parceria com o Ibope, revelou que 87% dos consumidores brasileiros acham o valor de sua conta alta, assim como cerca de 65% dos chefes de família buscam medidas para poupar durante o uso diário, com a intenção de pagar menos ao final do mês.

Como a Conta de Luz é calculada?

Mas, você já se perguntou o porquê do valor que paga mensalmente? Bom, de modo geral, o preço da energia elétrica está relacionado ao consumo na residência, mas esse valor é muito influenciado pela tal da bandeira tarifária, que dependendo da cor, aumenta ou diminui o valor do quilowatt-hora (kWh) consumido…

E para piorar a situação, o consumidor se viu em apuros com a conta de luz na pandemia, uma vez que estando mais em casa, algumas pessoas trabalhando em home office e outras demitidas, houve um maior consumo, que foi de encontro a crise financeira que o país enfrenta.

Com isso, cerca de 57% dos brasileiros tiveram problemas no pagamento desse tipo de despesa, pois até conseguiram quitar o valor, mas comprometendo outras áreas de seu orçamento. Além disso, muitos brasileiros sequer conseguiram pagar a conta de luz alta, gerando assim não só problemas de inadimplência, mas também de qualidade de vida, já que se houver o corte na energia, ficamos limitados em muitos sentidos.

Então, se assim como a maioria das pessoas, você está preocupado com a sua fatura de energia elétrica e busca uma maneira de entender mais sobre o que está pagando (até mesmo para saber se o valor está justo e dentro da lei) e claro, ter uma conta de luz mais barata, então este artigo é perfeito para você! Confira a seguir tudo sobre esse assunto!

Entendendo as bandeiras tarifárias da conta de luz

A conta de luz cara ou barata está diretamente ligada aos impostos pagos. Isso mesmo! Pagamos mais em tarifas e impostos que propriamente o consumo mensal. Mas, qual o motivo para isso?

Bom, primeiro é preciso entender que para ter energia elétrica em casa, estamos pagando por um produto, neste caso, a compra de energia. Com isso, temos que arcar com a transmissão da rede elétrica até nossa casa, a distribuição e claro, os encargos.

Segundo a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), a conta de luz aumentou em quase 3% no último ano (2020). Esse aumento está associado a uma série de fatores externos (políticos e financeiros) e um desses são os subsídios embutidos nas faturas de luz ao longo do ano.

Esses subsídios, quando somados aos outros encargos, representam quase metade do valor da conta de luz (48%) que pagamos todos os meses. Além de tudo isso, temos as variações das bandeiras tarifárias, que representam a atual condição de geração da energia elétrica.

Por exemplo, se os reservatórios de água estão abaixo do volume ideal, entra em vigor a bandeira tarifária vermelha, pois é uma medida que força a população a economizar. Isso porque com o valor da conta mais alto, a despesa pesa no bolso e indiretamente o brasileiro se vê obrigado a diminuir o consumo.

Veja abaixo cada bandeira tarifária ANEEL e o que representam em sua conta de energia elétrica.

  • Bandeira tarifária verde: indica condições favoráveis de geração de energia e sendo assim, o valor de sua conta terá a média que você está acostumado a pagar.
  • Bandeira tarifária amarela: representa condições de produção de energia um pouco mais caras e por isso, o valor da sua conta de energia sofrerá acréscimo.
  • Bandeira tarifária vermelha: indica que a geração de energia ficou mais cara, ou seja, o valor da sua conta de energia sofrerá um acréscimo bem expressivo.

Resumidamente, as bandeiras tarifárias representam o custo real da produção de energia no país. Ah, é importante deixar claro que elas possuem o mesmo valor para todos os consumidores do Brasil, independentemente do estado ou clima da região.

Como saber se o valor cobrado é o certo na fatura?

Muitas pessoas se questionam sobre como calcular conta de luz, devido a acharem que o valor está errado. Bom, não há mistério para isso, é bem simples na verdade. A cada mês, um funcionário da empresa de energia elétrica da sua cidade vai até o seu contador e faz a leitura do medidor de energia, certo?

Na prática, para saber o que foi gasto no mês, é feita a diminuição do consumo atual do consumo anterior. Assim, para saber exatamente o valor a pagar, você deve multiplicar os quilowatts consumidos pelo valor da bandeira tarifária atual com os impostos.

A lista dos tributos que você paga em sua conta de luz, normalmente, é listada no fim da sua fatura, na secção de “Informações de tributos”, tendo itens como ICMS, PIS e COFINS.

Vamos à um exemplo prático: Supondo que você gastou este mês o equivalente a 200kWh. Deve-se multiplicar 200 por R$ 0,58, que é o valor da atual bandeira tarifária em sua conta, por exemplo. Então, você deve pagar exatos R$116,00 este mês.

Dicas de como economizar energia elétrica

Então, para evitar a conta de luz atrasada por falta de pagamento, o melhor é sempre reduzir e ter um consumo consciente, concorda? Vamos a algumas dicas para isso!

  • Não deixe portas e janelas abertas em ambientes com ar-condicionado e mantenha os filtros limpos;
  • Não deixe a porta da geladeira aberta mais tempo que o necessário e verifique se a borracha está em boas condições;
  • Prefira sempre a iluminação natural e troque as lâmpadas incandescentes por fluorescentes. Limpe-as regularmente, pois lâmpadas sujas iluminam menos e gastam mais;
  • Ao sair dos cômodos da casa, desligue as luzes;
  • Junte roupas para passar de uma só vez;
  • Use máquinas de lavar louça e roupa apenas quando estiverem cheias;
  • Use o chuveiro elétrico na posição verão ou morno e evite banhos demorados;
  • Pinte o interior da sua casa com cores claras, visto que essas refletem mais luz e economizam energia elétrica;
  • Troque seu eletrodoméstico antigo por um novo com selo PROCEL, pois consome menos energia.

Viu só como é fácil ter controle sobre a sua conta de luz? E, mesmo que a bandeira esteja verde, nunca é demais gastar com moderação, afinal, o planeta agradece!

Posts relacionados