Buscando Cartão

0%

O cartão de crédito se tornou um dos meios de pagamento mais utilizados no Brasil, tendo opção até para quem está negativado ou não tem renda fixa. Mas, uma dúvida comum entre os brasileiros empreendedores é: “Posso passar meu cartão na minha maquininha?”

Bom, se você está passando seu cartão de crédito em uma maquininha de cartão atrelada ao seu CNPJ, pare imediatamente! Neste guia exclusivo vamos te dar todos os detalhes e te mostrar quais são as soluções caso precise de dinheiro extra no seu orçamento! 

Posso passar meu cartão na minha maquininha?

Não! Passar o próprio cartão na maquininha, seja do titular da empresa ou de familiares e representantes, configura uma autotransação.

Publicidade
Publicidade

Essa é uma prática proibida pelo Banco Central do Brasil e pelas empresas credenciadoras, e pode gerar diversas consequências negativas para você e seu negócio.

Mas por que essa prática é proibida?

Existem diversos motivos pelos quais passar o seu próprio cartão na maquininha é considerado uma prática irregular:

  • Simulação de venda: ao passar o seu próprio cartão, você está simulando uma venda que não ocorreu, o que configura uma fraude contra o sistema financeiro
  • Autofinanciamento: essa prática pode ser interpretada como uma forma de autofinanciamento, o que é proibido pelas normas do Banco Central
  • Prejuízo para o sistema financeiro: ao passar o seu próprio cartão, você gera um débito artificial no sistema financeiro, o que pode prejudicar o funcionamento do sistema e até mesmo gerar custos para os bancos
  • Riscos para o empreendedor: passar o seu próprio cartão na maquininha pode gerar multas, bloqueio da maquininha e até mesmo problemas na sua vida financeira, como a inclusão em listas de inadimplentes

Quais são os riscos de passar o cartão na maquininha?

As consequências de realizar autotransações podem ser graves, como:

Publicidade
  • Suspensão da conta bancária: o banco pode suspender a conta bancária do titular do cartão por suspeita de atividades fraudulentas
  • Cancelamento do cartão de crédito: o cartão de crédito pode ser cancelado pela instituição financeira, impedindo o uso para compras e pagamentos futuros
  • Multa contratual: as empresas de maquininhas podem aplicar multas contratuais ao comerciante por violação dos termos de uso
  • Danos à reputação: a prática pode levar à perda de credibilidade do comerciante junto aos clientes e fornecedores
  • Risco de processo judicial: em casos mais graves, o comerciante pode ser processado por crime contra o sistema financeiro

Conclusão

Então, agora você já sabe que não pode passar seu cartão de crédito na sua maquininha de cartão, em hipótese alguma.

Caso precise de dinheiro, o ideal é buscar outras opções financeiras, como um empréstimo, visto que hoje em dia é possível simular e contratar 100% online, mesmo não tendo como comprovar renda fixa!