O PicPay, uma das maiores fintechs do Brasil, começou a cobrar uma taxa de inatividade a partir de 29 de julho de 2023. A taxa é de R$10 por mês e será cobrada também de contas que não tenham sido movimentadas nos últimos 360 dias.

A medida foi tomada para reduzir os custos do PicPay com contas inativas. De acordo com a empresa, cerca de 10% das contas do PicPay estão inativas há mais de um ano. Saiba todos os detalhes a seguir!

Nova taxa de inatividade da conta digital PicPay

Seguindo um movimento de mercado cada vez mais frequente, o PicPay vai passar a cobrar mensalidade em sua conta digital, prática já adotada pelo Digio do Bradesco, PagBank e C6 Bank.

Publicidade
Publicidade

Contudo, a taxa de inatividade do PicPay só será cobrada de contas que tenham saldo positivo. Se a conta estiver zerada, não haverá cobrança. O valor será de R$10 por mês para clientes inativos, ou seja, que não movimentarem a conta PicPay nenhuma vez no mês.

Além disso, a fintech também passará a cobrar a anuidade das contas que estão inativas a mais de 360 dias e para aqueles que não acessaram o app nos últimos 720 dias, a conta PicPay será cancelada automaticamente.

Os usuários que não quiserem pagar a taxa podem cancelar a conta do PicPay a qualquer momento, basta entrar em contato com o suporte da empresa e solicitar o cancelamento.

Publicidade

A cobrança da taxa de inatividade foi criticada por alguns usuários, que alegam que é uma forma de punir os clientes que não usam o serviço com frequência. No entanto, o PicPay defende a medida, dizendo que é necessária para manter a saúde financeira da empresa.

Como evitar a cobrança da tarifa de inatividade na conta PicPay?

Para evitar a cobrança da taxa de inatividade, basta fazer uma movimentação na conta do PicPay pelo menos uma vez ao mês. Isso pode ser feito fazendo um depósito, um saque, uma transferência, um Pix, um pagamento ou uma compra.

Caso você não use o PicPay por um longo período de tempo, recomendamos que transfira o saldo da sua conta para outra conta bancária.

Se você não usa o PicPay com frequência, é recomendável que faça uma movimentação na conta pelo menos uma vez por ano para evitar a cobrança da taxa de inatividade.