Pix Saque e Pix Troco: Como irão funcionar as duas novas modalidades de transações

Veja aqui como irá funcionar e onde você poderá utilizar os dois novos recursos do Pix: Pix Saque e Pix Troco!
20/01/2022

Considerada a última grande revolução bancária no Brasil, o Pix ganhou neste início de semana outras duas variações de transações. Tratam-se do Pix Saque e Pix Troco, que se juntam ao sistema de pagamento instantâneo desenvolvido pelo Banco Central (BC) que está disponível, desde novembro de 2020, para todos os brasileiros que possuam contas digitais.

De acordo com o Banco Central, as duas novas modalidades de Pix são opcionais e cabe aos estabelecimentos comerciais oferecê-las para seus clientes.

Sabendo que trata-se de duas novas modalidades do Pix, o Solicite Fácil produziu esta publicação para mostrar como cada uma delas funcionam, e como você pode utilizá-la da melhor maneira. Continue conosco e tire todas as suas dúvidas sobre o Pix Saque e o Pix Troco.

Quando o PIX Troco e PIX Saque começam a valer?

Anunciado no dia 2 de setembro, as duas novas modalidades de Pix passaram a valer na última segunda-feira, dia 29 de novembro de 2021 e prometem revolucionar ainda mais a forma como os brasileiros lidam com seu dinheiro, tudo com mais praticidade e economia.

Como eles funcionam?

Para quem já utiliza ou utilizou o Pix tradicional, praticamente não há nenhuma novidade de como funcionarão as duas novas modalidades. Mesmo assim, abaixo explicaremos detalhadamente como será o funcionamento de cada uma.

Pix Saque

No Pix Saque, o cliente poderá fazer saques em qualquer ponto que ofertar o serviço, como comércios e caixas eletrônicos, tanto em terminais compartilhados como da própria instituição financeira. Nessa modalidade, o correntista apontará a câmera do celular para um código QR (versão avançada do código de barras), fará um Pix para o estabelecimento ou para a instituição financeira e retirará o dinheiro na boca do caixa.

Pix Troco

O Pix Troco permite o saque durante o pagamento de uma compra. O cliente fará um Pix equivalente à soma da compra e do saque e receberá a diferença como troco em espécie. O extrato do cliente especificará a parcela destinada à compra e a quantia sacada como troco.

Limites

Nas duas modalidades, as transações serão limitadas a R$ 500 durante o dia e a R$ 100 entre as 20h e as 6h. No entanto, os ofertantes desses produtos poderão definir limites mais baixos, baseados no perfil do cliente, na localização, no horário da operação e nos critérios de segurança. Segundo o BC, a oferta dos dois novos serviços será opcional.

Será cobrada taxa para usá-las?

Segundo informações, não haverá taxa para o cliente que decidir sacar dinheiro ou pedir o troco durante uma compra via Pix em um estabelecimento parceiro.

No entanto, poderá ser cobrado (opcional) a utilização do serviço do Pix Saque e Pix Troco em caixas eletrônicos, a partir do oitavo saque ou troco realizado pelo cliente.

Ou seja, a nona transação realizada por mês, as instituições financeiras ou de pagamentos detentoras da conta do usuário pagador podem cobrar uma tarifa pela transação.

O valor da tarifa cobrada é de livre estabelecimento pela instituição e deve ser informado ao usuário pagador antes da etapa de confirmação da transação.

O BC explica ainda que os quatro saques tradicionais gratuitos realizados pelo usuário fora do âmbito do Pix Saque e Pix Troco podem ser descontados da franquia de gratuidades (oito por mês).

Ou seja, se o usuário realizar um saque da sua conta, sem ser por meio do Pix Saque ou Pix Troco, esse saque poderá ser contabilizado e sua franquia de gratuidades poderá ser reduzida de oito para sete, a critério da instituição.

Para quem receber

Para o comerciante, as novas modalidades além de não cobrarem nenhum tipo de taxa, ainda irá remunerar o estabelecimento por cada Pix Troco e Pix Saque realizado. Os valores variam de R$0,25 a R$0,95 por transação, e serão depositados ao comerciante até o 15º dia útil do mês seguinte.

Vantagens das novas categorias do Pix

Segundo o Banco Central, o Pix Saque e Pix Troco tem como sua principal vantagem o fato de ser mais um facilitador para o comércio realizar vendas e servirá como um incentivo tanto para as pessoas, quanto para os comerciantes.

Além disso, para o consumidor é um recurso incrível, uma vez que poderá fazer saques ou pedir o troco na fila do mercado, tudo sem custo, de forma rápida e sem precisa ficar procurando um caixa eletrônico próximo para realizar a transação.

Onde estará disponível os novos serviços do PIX?

Os usuários poderão fazer saques em locais como padarias, lojas de departamento e supermercados, não apenas em caixas eletrônicos.

Quem pode utilizar o PIX Troco e PIX Saque?

Via regra geral, de acordo com o anunciado pelo Banco Central, todas as pessoas que possuam uma conta digital e que tenham a opção Pix poderão utilizar o serviço.

Usar Pix vale a pena?

Sim, afinal estas são mais duas formas de as pessoas terem dinheiro para realizar compras. TED ou DOC, mas sem a cobrança nenhum tipo de taxa, e sem ser limitado por horários.

Posts relacionados