Caixa paga hoje a sétima parcela do auxílio emergencial

A Caixa Econômica Federal paga nesta quarta-feira (27) a 7ª parcela do auxílio emergencial para nascidos no mês de julho. Veja como receber!
27/10/2021

Conforme estava previsto, nesta quarta-feira (27), a Caixa Econômica Federal realizou o pagamento da 7ª parcela do auxílio emergencial em 2021, para os trabalhadores informais nascidos no mês de julho.

Além dos informais, a Caixa também realiza nesta quarta-feira o pagamento para inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), que também nasceram no mês de julho e ainda dos participantes no Bolsa Família com Número de Inscrição Social (NIS) de final 8.

Qual é o valor do auxílio emergencial em 2021?

Pago desde o mês de abril, o auxílio emergencial beneficia um total de 45,6 milhões de brasileiros e seu valor entre R$ 150 e R$ 375, dependendo da família. Veja abaixo quais são as variáveis:

  • Pessoa que mora sozinha: R$ 150
  • Mãe solteira que sustenta a família: R$ 375
  • Demais famílias: R$ 250

Como sacar o auxílio emergencial?

O dinheiro é depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a três semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta corrente de outro banco.

Quem tem direito?

A essa altura, é normal que as pessoas que têm direito a receber o auxílio emergencial já estejam com seu cadastro feito, porém, é sempre importante falar que para receber o benefício é preciso estar com o cadastro no CadÚnico atualizado.

> Entenda como o aumento do preço dos combustíveis nas refinarias impacta no seu bolso

Além disso, a família deve ter renda mínima mensal de meio salário mínimo por pessoa (R$ 550), até uma renda total de três salários mínimos (R$ 3,3 mil). Veja o guia completo de como atualizar seu cadastro no CadÚnico clicando aqui.

Até quando o auxílio emergencial será pago?

Vale lembrar que a princípio o benefício acabaria no último mês de julho, porém ele foi prorrogado até outubro, último mês antes do início do programa Auxílio Brasil, que passa a valer a partir de novembro e engloba o público do Bolsa Família.

Clique aqui para ver o guia de perguntas e respostas da Agência Brasil sobre o Auxílio Emergencial.

Posts relacionados

 Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

 Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência, conforme nossa Política de Privacidade, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.