Banco Central lança o sistema ‘Registrato’ para a consulta de valores a receber

Veja aqui todos os detalhes do novo sistema do Banco Central, chamado de Registrato, que devolverá até R$8 bilhões aos brasileiros!
25/01/2022

O Banco Central lançou nesta segunda-feira um sistema inédito e que facilitará a vida de milhões de brasileiros. O sistema se chama Registrato e possibilitará a consulta de valores que pessoas e empresas têm a receber de bancos e financeiras.

O Governo Federal estima uma devolução de valores de até R$8 bilhões, sendo que na primeira fase deve ser devolvido aproximadamente R$3,9 bilhões aos clientes dessas instituições.

Então, para saber mais detalhes, como funciona e se você está na lista para receber esses valores, continue esta leitura especial que o Solicite Fácil vai te explicar tudo!

Detalhes do Registrato, novo sistema do Banco Central

O sistema Registrato foi criado com a intenção de dar mais visibilidade aos valores retidos nas instituições bancárias e financeiras, pois muitas vezes o cliente tem valores a receber e não faz a mínima ideia.

Segundo o Banco Central, o sistema inédito no Brasil é uma forma de unificar e agilizar a consulta para essas pessoas e empresas, para que de maneira simples possam ter acesso a valores a receber.

Até R$8 bilhões disponíveis para os brasileiros

Segundo levantamento do próprio BC, estima-se que se tenha cerca de R$8 bilhões retidos nos bancos e financeiras e que podem ser sacados pelos clientes.

Esse valor será pago ao longo de 2022 e é proveniente de:

  • Taxas e parcelas ou obrigações referentes a operações de crédito que foram cobradas indevidamente do consumidor
  • Contas de pagamento pré e pós-pagas encerradas com saldo disponível para saque
  • Contas de registro mantidas por corretoras de valores e distribuidoras de títulos e valores mobiliários que foram encerradas e há saldo disponível
  • Outros casos que impliquem em valores a devolver

Na primeira fase de liberação dos valores retidos, aproximadamente R$3,9 bilhões serão devolvidos a cerca de 24 milhões de clientes. Esses valores são referentes à:

  • Contas bancárias na modalidade corrente ou poupança que foram encerradas com saldo disponível
  • Tarifas e parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente
  • Cotas de capital e rateio de sobras líquidas de beneficiários e participantes de cooperativas de crédito
  • Dinheiro em contas de grupos de consórcio encerrados

Como acessar o sistema Registrato?

Se você quer saber se tem algum valor a receber do banco ou financeira, saiba que a consulta é simples e rápida, tudo pela internet.

Para isso, basta que você acesse o sistema Registrato do Banco Central (acesse aqui) e vá até a opção “Valores a Receber”.

Lembrando que é preciso ter cadastro no login único do Governo Federal ou fazer o cadastro rápido junto ao Banco Central.

Se você tiver valores retidos para receber, poderá fazer o saque através de PIX, via transferência bancária ou outro meio de pagamento informado pela instituição.

Salienta-se que a instituição bancária ou financeira é obrigada a fazer o pagamento dos valores a receber. Caso você não receba seu dinheiro, é preciso entrar em contato via SAC ou recorrer ao serviço da Ouvidoria da instituição.

Posts relacionados

 Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

 Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência, conforme nossa Política de Privacidade, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.