Brasília, 15 de fevereiro de 2024 – O programa Desenrola Brasil, iniciativa do Governo Federal que possibilitou a renegociação de dívidas de milhões de brasileiros, está previsto para ser encerrado no próximo dia 31 de março de 2024.

A medida gera incerteza para os devedores que ainda não regularizaram suas pendências financeiras e para os especialistas em economia, que temem um impacto negativo na recuperação do país, considerando que o nível de inadimplência continua alto no Brasil.

O Desenrola Brasil será encerrado em breve

De acordo com a Medida Provisória nº 1.199, de 11 de dezembro de 2023, o Programa Desenrola Brasil foi prorrogado até 31 de março de 2024 e posterior a essa data será encerrado.

Publicidade
Publicidade

Assim, quem está na Faixa I do programa só tem até 31 de março para renegociar suas dívidas com condições especiais pela plataforma do programa ou pelos canais de parceiros, considerando a última mudança no Desenrola Brasil.

Dívidas em aberto

Até o dia 14 de fevereiro de 2024, mais de 12 milhões de pessoas renegociaram seus débitos no programa, totalizando um montante superior a R$120 bilhões.

No entanto, estima-se que ainda existam cerca de 30 milhões de brasileiros com pendências financeiras, o que representa um desafio para a saúde financeira do país.

Publicidade

Preocupações com o endividamento

Especialistas em economia e finanças alertam que o encerramento do Desenrola Brasil pode levar a um aumento da inadimplência e do endividamento das famílias brasileiras.

Sem a possibilidade de renegociar suas dívidas em condições vantajosas, muitos devedores podem ter dificuldades em honrar seus compromissos, o que pode impactar negativamente o consumo e a economia como um todo.

Por isso, muitos especialistas argumentam que a prorrogação do Desenrola Brasil é crucial para a manutenção da saúde financeira das famílias brasileiras e para a recuperação da economia nacional.

Isso porque o programa contribuiu significativamente para a redução do endividamento das famílias, impulsionando o consumo e aquecendo diversos setores da economia.

Benefícios do Desenrola Brasil:

  • Renegociação de dívidas com empresas privadas e órgãos públicos;
  • Descontos no valor total da dívida;
  • Parcelamento em até 60 meses;
  • Taxas de juros reduzidas;
  • Acesso a educação financeira gratuita.

Possíveis soluções

Diante do cenário, especialistas e entidades do setor financeiro defendem a prorrogação do Desenrola Brasil ou a criação de um novo programa similar. Argumenta-se que a medida seria essencial para evitar o agravamento da inadimplência e para impulsionar a recuperação econômica do país.

Impacto no mercado de crédito com o Desenrola Brasil encerrado 

O encerramento do programa também pode afetar o mercado de crédito. Com a perspectiva de um aumento da inadimplência, os bancos e instituições financeiras podem se tornar mais rigorosos na concessão de novos empréstimos, o que dificultaria o acesso ao crédito para as famílias e empresas.

Futuro incerto

Enquanto o Governo Federal ainda não se pronunciou oficialmente sobre o futuro do Desenrola Brasil, a incerteza paira sobre milhões de devedores e sobre o panorama econômico do país. O debate sobre a prorrogação do programa ou a criação de alternativas para auxiliar na renegociação de dívidas deve se intensificar nas próximas semanas.

Para acompanhar os desdobramentos dessa história, continue acompanhando as notícias sobre o Desenrola Brasil.