Aprenda a fazer um planejamento financeiro eficiente

Veja aqui tudo sobre planejamento financeiro e aprenda a montar um que atenda a todas as suas necessidades!
01/06/2021

É comum escutarmos pessoas reclamando de suas finanças, que o salário não rende, que as contas estão atrasadas, que o limite do cartão estourou e saiba que tudo isso é culpa do planejamento financeiro, ou melhor, da falta dele.

De acordo com uma pesquisa do C6 Bank, somos uma das populações ao redor do mundo que menos sabe lidar com o dinheiro, já que apenas 21% dos brasileiros foi educado financeiramente durante a infância.

Essa falta de preparo para controlar o dinheiro é o grande motivo de não conseguirmos organizar nossa vida financeira e consequentemente entrarmos em um poço sem fim de dívidas. Mas, saiba que o quanto antes começarmos a ter um bom planejamento financeiro familiar melhor, pois esse é a principal ferramenta de administração financeira.

Então, se você está precisando saber como organizar sua vida financeira, tenha em mente que a única salvação é o planejamento de suas finanças. Não faz a mínima ideia de por onde começar a elaborar o seu? Não se preocupe, pois a seguir mostraremos a você quatro coisas que não podem faltar em seu planejamento financeiro! Vamos lá?!

Qual a real importância do Planejamento financeiro?

É por meio do planejamento que conseguimos organizar nossos gastos e por as finanças em dia. Além disso, para além do controle de quanto você ganha e o quanto gasta, o planejamento financeiro nos ajuda a traçar objetivos para realizarmos nossos sonhos.

Isso porque quando começamos a entender como lidar com o dinheiro, distribuímos nossa renda de forma mais consciente, controlamos gastos desnecessários e tomamos decisões financeiras mais assertivas.

Por que criar uma reserva de emergência?

Não importa qual é a sua profissão, classe social ou situação econômica atual, você necessita ter uma reserva financeira.

Também conhecida como reserva de emergência é um valor que você vai economizando para usar exclusivamente com despesas emergenciais e que não estão previstas no orçamento. Mas, é preciso disciplina para não cair em tentação e acabar gastando o dinheiro da reserva de emergência ou até mesmo deixar de poupar.

Por isso, você só deve mexer nesse valor quando:

  • Ficar desempregado;
  • Tiver alguma emergência médica;
  • Precisar fazer reparos na casa ou no carro que não possam ser adiados;
  • Seu negócio passar por dificuldades financeiras, como em um momento de crise, por exemplo;
  • Entre outras situações realmente de urgência ou emergência.

Além disso, um conselho muito importante é que você deve criar sua reserva financeira antes de começar a investir. O motivo é simples: Caso aconteça alguma uma emergência, você já terá dinheiro guardado para isso, não sendo necessário tirar do valor do seu investimento.

Outra dica é que você pode por a quantia da sua reserva em um investimento com liquidez diária, afinal, esse deve ser um dinheiro de fácil acesso. Nesse sentido, boas indicações de são os investimentos em títulos de renda fixa pós-fixada, como o Tesouro selic, a poupança ou um fundo DI, por exemplo.

Com relação ao valor que deve compor a sua reserva financeira, o ideal é juntar uma quantia entre três e cinco vezes o valor de suas despesas mensais.

Por que é preciso criar um orçamento mensal urgentemente?

Outro ponto muito importante de um planejamento financeiro é a criação de um orçamento, pois assim você saberá para onde seu dinheiro vai. Com um bom planejamento financeiro e orçamento, é como se você fosse o guia das suas finanças, ou seja, dirá para onde seu dinheiro deve ir.

Isso só será possível porque terá noção real de quanto gasta por mês, identificando principalmente os seus excessos financeiros. Então, para montar o seu orçamento familiar, comece o primeiro passo é anotar tudo o que entra e sai da sua conta. Com esse controle, em pouco tempo terá uma boa ideia de qual é o destino do seu dinheiro.

A partir daí, crie o seu orçamento. Um orçamento é basicamente um plano de onde devemos gastar nosso dinheiro. Ele pode ser feito em um papel mesmo ou no computador, com o auxílio de uma planilha para planejamento financeiro ou algum aplicativo de controle financeiro.

Contrate um seguro de vida

É meio fora da realidade falar na contratação de um seguro de vida sendo que a grande maioria dos brasileiros mal consegue pagar todas as contas ao final do mês. Contudo, embora seja um assunto que costuma ser evitado por todo mundo, é muito importante e deve ser incluso em seu planejamento.

A verdade é que não sabemos o dia de amanhã e a morte prematura é uma situação que pega a todos desprevenidos e é justamente nesses momentos que mais sofremos com a falta de dinheiro.

Por isso, se você tem em sua vida alguém que depende financeiramente de você, é fundamental ter um seguro de vida. Com um pequeno valor poupado mensalmente conseguimos proteger aqueles que dependem de nós, pense nisso!

Faça um plano de previdência privada

Ah a aposentadoria… Aquela fase da vida de sombra e água fresca… Não precisar mais se preocupar em trabalhar… Dinheiro garantido todo mês na conta…

Parece uma fase a mil maravilhas, não é mesmo? Mas, saiba que na realidade nem tudo são flores. A aposentadoria é um período marcado, geralmente, pelo ócio, o que pode acabar levando a perda de autoestima e até mesmo problemas de saúde, como a depressão.

E isso ocorre justamente porque a pessoa não se planejou financeiramente para o futuro, ou seja, a vida após a aposentadoria. Então não cometa esse mesmo erro! Imagine tudo o que você quer fazer quando tiver independência financeira: viajar, praticar mais esportes, ter mais tempo para a família, etc.

E para tudo isso é necessário ter dinheiro, então uma boa dica de planejamento financeiro é a contratação de um plano de previdência privada.

Portanto, tenha em mente que essas quatro coisas que não podem faltar em seu planejamento financeiro em médio e longo prazo. E, ao contrário do que muitos pensam, é possível sim ter uma vida financeira estável sem grandes esforços. Quando você tiver o controle do seu dinheiro e não o dinheiro o controle da sua vida, começará a prosperar financeiramente!

Então, comece a repensar seus ganhos e gastos e principalmente a investir em seu futuro para ter uma melhor qualidade de vida agora e depois!

Posts relacionados