Carregando

0%

Comprovar renda é uma etapa básica para que você tenha acesso à cartões e empréstimos disponíveis no mercado, considerando que a maioria das instituições faz análise de crédito

Por isso, é importante que você entenda mais sobre a comprovação de renda, tanto para conseguir aprovar o cartão de crédito ou empréstimo que deseja, como para garantir melhores limites liberados.

Neste guia vamos te ensinar como comprovar renda para poder solicitar crédito no mercado, pois existem diversas maneiras para isso, mesmo para quem não é CLT! Aproveite!

Publicidade
Publicidade

Quais são as formas de como comprovar renda?

Existem várias formas de comprovar renda e os bancos e instituições financeiras aceitam todas elas. Sendo assim, só depende do método que é mais fácil para você!

Por exemplo, os extratos bancários são mais adequados para autônomos ou profissionais liberais. Você consegue comprovar sua renda apenas mostrando quanto realmente ganha por mês.

Por outro lado, você tem também métodos em que precisará realizar uma consulta com a empresa em que trabalha. Assim o banco tem mais segurança também e consegue oferecer maiores valores.

Publicidade

A seguir vamos entender mais sobre cada um desses métodos e como eles podem ser úteis para você!

Carteira de trabalho

Atualmente, a carteira de trabalho não é o método mais comum de comprovar quanto você ganha, mas é válido.

A partir dela, a empresa tem não apenas o valor que você recebe por mês, mas também informações sobre seu trabalho.

Para os bancos que oferecem empréstimos, não há nada mais valioso que isso! Afinal de contas, sua estabilidade financeira é também a garantia de que eles vão receber tudo que você pegar.

Entretanto, é preciso saber como comprovar sua renda com a carteira de trabalho. Para isso, é interessante que vá até a instituição em que deseja atualizar seus dados.

Holerite

O holerite consegue ser mais completo que a carteira de trabalho. Nele, você encontra todas as informações referentes aos rendimentos do colaborador de determinada empresa. 

No entanto, é preciso ter uma atenção especial, porque nem sempre estão presentes dados sobre benefícios extras

Então, até mesmo aumento nesses recursos não conseguem ser notificados para o banco. Em todo caso, com mais informações sobre seus recebimentos, o acesso ao crédito é facilitado!

Extrato bancário

Aqui está uma ótima opção para qualquer pessoa! O extrato bancário é a solução que precisa para comprovar sua renda. Geralmente, as empresas pedem isso em qualquer contrato de crédito.

Essa é a prova unânime de quanto você está recebendo. Afinal de contas, é um valor real depositado no banco. O que pode tornar melhor ainda essa situação é receber no banco em que deseja o empréstimo ou cartão.

Se entende como comprovar sua renda é importante, sempre tenha extratos em mãos. Eles também são fundamentais para diversos outros processos.

Se você é um autônomo e não tem nenhum tipo de prova sobre seus ganhos, essa é a recomendação. Claro, é preciso ter muito cuidado para apresentar algo assim, já que as informações contidas podem ser diferentes ao longo dos meses.

Você não vai receber o mesmo salário sempre, então é importante saber uma média para evitar problemas. Caso receba no banco em que deseja um cartão ou empréstimo é mais fácil.

Imposto de Renda

O Imposto de Renda surge como uma alternativa bem simples, hoje já é uma das principais formas de comprovar sua renda, além de ser mais completa porque apresenta seus ganhos e rendimentos em um único documento.

O único problema é que ele não é aceito em todos os locais. Bem, na verdade ele funcionará como um documento complementar. Quase sempre precisará mostrar outras informações sobre seus ganhos.

Em certos casos, as suas informações podem estar desatualizadas também. Afinal de contas, o documento do Imposto de Renda tem sempre ligação com o ano anterior, então ser aceito é mais complicado.

Se aprendeu como comprovar sua renda a partir desse documento, sua vida fica mais fácil. Com tantos dados financeiros, as chances de conseguir um empréstimo é bem maior. Claro, se possui uma boa relação com o crédito.

Recibo de pagamento autônomo

Você já ouviu falar do RPA? Bem, esse é um método para que consiga aprender como comprovar renda com maior facilidade, mas por onde começar? Bem, o preenchimento desse documento é realizado pelo próprio profissional.

Isso torna tudo mais fácil, mas é preciso que o autônomo se baseie em algum modelo já presente na internet. Assim fica mais fácil, é claro. O mais importante é apresentar:

  • Informações do contratante, como nome ou razão social da empresa;
  • Informações do autônomo contratado;
  • Informações do contrato como o imposto, valor total e afins.

Pronto, agora você já tem um comprovante de renda bem completo! Lembrando que todos os dados serão conferidos, então utilize as informações de forma correta e com o máximo de clareza possível.

Por fim, basta enviar para o banco que terá maiores chances de conseguir um empréstimo ou cartão de crédito!